Contador de Visitas Contador de Visitas Gratis

terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Torta Mainha de frutas


Na verdade a idéia de criar esta torta foi traduzir o amor por minha mãe. Neste primeiro Natal em cidades diferentes, senti falta do cheiro carinhoso da sua bandeja de frutas, que ela monta todo Natal em nossa mesa suculenta.

Quis fazer uma bandeja de frutas à minha maneira e quando digo à minha maneira, queria dizer: inventando e cozinhandoooo rsss

Bem, peguei:

3 maçãs grandes
1 bacia com água
1 limão grande cortado em 2 bandas
2 caixinhas de amoras (acho que cada caixinha deveria ter umas 15 a 20 amoras (se não tiver, use morangos)
200g de cereja fresca (se for difícil para você encontrar, acho que pode substituir por pêssego)
100g de chocolate meio amargo picadinho

para a massa
1 xic e 1/4 de xic de farinha de trigo
1 xic de açúcar
1 colher de sobremesa de canela em pó
1 pitada de sal
1/2 xic de óleo de girassol
1 ovo inteiro
1 colher de café de baunilha  
1 xic de suco de pera (daqueles de caixinha mesmo) + 1/2 xic de leite de coco (devem estar bem quente)
1 colher sobremesa de fermento em pó

para a base de baixo
2 colheres de sopa (bem cheias) de manteiga (100g)
1 xíc de açucar
1 colher de café de baunilha

complementos para a geléia
1 xíc de açúcar
1/2 xic de água

Pegue a bacia grande com água e esprema uma banda do limão; vá descascando as maçãs, e colocando na bacia com água e limão, para não empretecerem. Feito isso, tire as sementes e depois corte em fatias nem tão finas, nem tão grossas. Claro que você não medir, mas pense em 0,5 a 1cm no máximo de largura, ok? Mantenha na água até o momento de usá-las.

Divida as outras frutas em 3 partes iguais: parte 1 para a massa, parte 2 para a geléia e parte 3 para guardar para enfeitar no final. Tire os caroços da parte 1 e 2 das cerejas, ok? A maça você usará 2 para a torta e 1 para a geléia.

Faça a massa da torta, juntando 1 a um os ingredientes da massa na ordem em que eles aparecem. Cada ingrediente que você colocar, mexa delicadamente, até que todos fiquem homogêneos para só então colocar o próximo, ok? Quando tudo estiver bem coladinho e cheiroso como amor de mãe, já é hora de começar a montagem.

Derreta a manteiga com o açúcar da base de baixo e despeje bem espalhadinha no fundo de uma assadeira redonda que pode ser de fundo falso, caso vc tenha, e deve estar untada com margarina e farinha, ou como você achar melhor. Junte a baunilha e reserve.







Vá montado as fatias, acompanhando o circulo da forma, formando uma camada bem linda, tipo uma mandala de amor com a maçã.  coloque delicadamente as partes "1" da cereja e o chocolate. Despeje metade da massa de bolo canela que fizemos, como uma lasanha, arrume mais uma mandala de maça e complete com a massa de bolo restante. Leve ao forno pré-aquecido 180º por uns 45 min, ou até enfiar uma faquinha ou palito e este (a) sair limpo.

Enquanto isso, famos fazer geléiaaaaa! Ebaaa! Pegue a parte 2 das frutas (maçãs, amoras e cereja descaroçada\) e junte aos complementos para à geléia (água e açúcar) + o suco da outra bandinha do limão. Numa panelinha, fogo baixo, colher de pau em punho (ou para os eticamente corretos, espatula de silicone rs), vá mexendo delicadamente, agradecendo a Deus por mais um ano de felicidades, aos amigos e parentes maravilhosos, às boas oportunidades, ao amor, enfim, ocupe sua mente com tudo o que há de bom para assar essas boas energias se expandirem ao seu doce ;-)


Cuidadosamente desenforme a torta ainda quente, lembrando que ela é bem molhadinha e macia. Despeje a geleia também ainda quente sobre toda a torta e decore com a parte 3 das frutas vermelhas e sirva com amor!










quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Um doce de presente!

Sabe aquela frase "é só uma lembrancinha"? Pois é, imagina se a lembrancinha puder garantir a alegria de sentidos diferentes, como visão, tato, olfato, paladar... 

Achei uma graça essas caixinhas de brigadeiro para presente que minha amiga querida Fernanda Lopes criou. Delícia de Natal, não é?

E pode ser entregue, é só combinar com ela. Economiza tempo e "prende" seus amigos pelo estomago! rsss  ;-)



www.confeitariadafernanda.com.br
Tel.: (11) 96703-7671
E-Mail: fernanda@confeitariadafernanda.com.br



quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Camarão em Beringela grelhada com camarão defumado sobre Purezinho de mandioquinha
 


 
Confesso: essa receitinha eu criei pra ser só bonita, pra sair bem na chamada do nosso programa, que inclusive estréia dia 13 de dezembro, viu? Na www.tvgeracaoz.com.br, jpa sabe, né?
 
Mas não é que o negócio ficou uma DELÍCIA de desesperar o marido e me fazer correr aqui para o blog e registrar tudo, antes de eu esquecer rsss
 
 
 
Para duas pessoas especiais
 
Anote aí:
 
Para o camarão
4 camarões grandes, limpos e sem a casca. Deixe só o rabinho
3 dentes de alho picados para o cmarão
1 colher de sopa de salsinha e cebolinha picadas
 
Para a beringela
1 beringela (4 rodelas com 2 cm de largura)
4 dentes de alho amassados
azeite de oliva que baste (para ir regando aos poucos)
sal e pimenta do reino a gosto
meio pimentao vermelho refogado (corte em quadrados grandes, e refogue com azeite 1 alho amassado e sal a gosto)
1/4 xícara de camarão DEFUMADO (não é o camarão salgado, é o defumado do nordeste, ok?)
 
Purezinho de mandioquinha
4 mandioquinhas cozidas e amassadas
3/4 de xícara de leite líquido
1 colher de sobremesa de manteiga
sal a agosto
 
 
 
Comece temperando os camarões como o alho, sal e a salsinha picada e deixe na geladeira para pegar gosto.
 
 
 
 
 
 
 
Esquente uma panela, de preferência antiaderente, ponha uns fios de azeite e distribua as rodelas de beringela. salpique o camarão defumado em cima de cada uma delas, pimenta do reino e regue com fios de azeite. deixe em fogo baixo até dourar embaixo, vire o lado e ponha sal e pimenta do reino a gosto. Quando for necessário (se achar a beringela seca) regue levemente com azeite até q as beringelas fiquem bem macias e bronzeadas.

 
Enaquanto aguarda as beringelas atingirem o ponto (demora um pouquinho mesmo) faça o purê. Misture todos os ingredientes numa panelinha e mexa em fogo brando até ficar homogêneo e ferver. Apague o fogo e reserve.
 
Numa frigideira, frite o camarão com o mínimo de azeite possível, são só uns fiozinhos mesmo, para o camarão não grudar. São praticamente grelhados. deixe 3 minutos de um lado e 3 de outro, em fogo médio/baixo.
 
Monte o prato colocando o purê embaixo, formando um círculo, por cima uma rodela de beringela, alguns pimentões e novamente uma redola de beringela e os camarões ao final. POde finalizar com mais salsinha picadinha.
 
Gente, e deliiii!
 
Obrigada!
 
 
 
 
 

terça-feira, 20 de novembro de 2012

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Arroz Bariloche


Aí, como eu estava falando, foi assim. Marido chegou com fome e eu havia esquecido de descongelar o feijão, resultado: Miojo! Pensei rápido, despois repensei: o bichinho, coitado, tomou chuva, merece uma gororobinha temperadinha, né? Aí, abri a geladeira e encontrei Bacon (1 quadrado gordo de 3 dedos de lagura + 3 de altura), Paio (1/2) e um pedacinho de alcatra (cerca de 2 bifes)... é o que tem pra hoje! rss
 
Coloquei o arroz (1 xíc e 1/2) para cozinhar (sua receita normal) mas na água eu coloquei 1 folha de louro e pimenta do reino (3 grãos inteiros) só para aromatizar ;-).
 
Piquei as carninhas todas e, numa panela grande, primeiro refoguei o bacon sozinho, quando começou a dourar, coloquei a alacatra, e por último o paio, tudo picado grosseiramente, pq tempo era artigo de luxo neste momento...rs
 
Quando o arroz estava quase cozido, coloquei 1 colher de cafezinho de açafrão. Desliguei o fogo das carnes e deixei descansar enquanto o arroz terminava de cozinhar. tic tac tic tac...
 
Pronto. Religuei o fogo das carnes, juntei o arroz a toda aquela gostosura, aproveitando a "graxa" que havia se formado no fundo da panela para temperar o arroz. Piquei 1/2 maço de salsinha + 3 talinhos de cebolinha. Juntei esta natureza verde à mistura que ficou bem iluminada de tanta cor e tanto brilho.
 
Quando ele, meio descredibilizado, provou, tcham, perguntou, já interessadíssimo tirando o olho do computador e voltando para o prato: "Huuuuum!!! O que é isso??!!" eu falei, me achando hehehe, um arrozinho.... ele - Como é o nome? eu - sei lá, inventei agora. ele - então vai se chamar "Arroz Bariloche"! E eu falei, "ta bom" rs e comemos alegremente nesta segunda-feira chuvosa desta São Paulo tão inspiradora.
 
Obrigada pela visita, queridos!!
 
 

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Ele vem chegandoooo....
 
Tempero e Prosa é um programa de culinária e cultura que leva você a um delicioso passeio artístico e gastronômico em diferentes cidades e regiões, degustando o que há de mais temperado nas cozinhas e palcos do país. Com convidados cremosos e suculentos, eu quero te ver do outro lado da nossa cozinha! Obrigada amigos!!
 
 
Beijoss
 

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

IMPERDÍVEL!

Salvador recebe “Festival do Cordeiro Fogo de Chão”
Os melhores cortes de carne de cordeiro estão no II Festival do Cordeiro de Salvador. O evento é uma iniciativa da grife internacional de
churrascarias Fogo de Chão e também contará com os já tradicionais cortes bovinos 
 
Conhecida mundialmente pelos macios e suculentos cortes de carne bovina, a churrascaria Fogo de Chão (Rio Vermelho) lança, HOJE, em Salvador, a segunda edição do Festival do Cordeiro. O evento gastronômico que vai até o dia 25 de novembro de 2012, traz à mesa baiana cortes exclusivos de carne de cordeiro no sistema rodízio de carnes, além de pratos novos e originais que estarão disponibilizados à vontade no Buffet. Destaque para: Picanha, Carré, Costela e Pernil – além dos já consagrados Costeleta e Paleta. Para completar o Buffet, a churrascaria está preparando o popular Ensopado de Cordeiro, prato típico da região nordeste do país.
Para harmonizar as carnes do rodízio e as opções exclusivas do Festival do Cordeiro, a Fogo de Chão sugere os cinco rótulos de vinhos próprios, criados especialmente para acompanhar o cardápio da casa, em um casamento perfeito para o paladar.
O evento ainda conta com os já tradicionais e cortes muito bem selecionados de Picanha, Fraldinha, Maminha, Alcatra, Cupim, Filet Mignon, o imperdível Shoulder Steak - primeiro corte da parte dianteira do boi recém-descoberto pela alta gastronomia -, o festejado Bife de Chouriço, além dos exclusivos Costela Premium e Bife Ancho. Para completar, os pratos poderão ser acompanhados por um Buffet de saladas, com queijos importados, azeites especiais e uma variedade de pratos tipicamente gaúchos.
Carne de Cordeiro
A carne de cordeiro é um luxo da gastronomia. Rosado, com boa textura e consistência tenra, os cortes ganham em disparada a preferência entre s carnes mais nobres e exóticas. Na boca, quando preparados do jeito gaúcho, terão o que muitos chamam de divino sabor.
O cordeiro ainda destaca-se pelo seu valor nutricional, sendo fonte rica de minerais como ferro, fósforo e cálcio. Além de ser uma excelente fonte de proteínas e vitaminas do complexo B. A carne é mais magra, comparada a outros cortes. Por essas características, está entre os alimentos de consumo mais frequente em boa parte do mundo.
 
Super dicas da querida Mônica Carvalho

domingo, 16 de setembro de 2012

Escondidinho para Aparecer
 
 
 
Eu sei que prometi há algumas semanas, mas só deu pra postar agora rs
 
Essa delícia é típica do Nordeste e embora se vejam muitas receitas chamadas de escondidinho, a original é mais ou menos essa. Embora as pessoas criem bastante em cima da receitinha (e eu amo a criatividade!) é importante saber a receita de origem para aí sim criar em cma disto e nomear a criação.
 
Mas basicamente, o tradicional escndidinho nordestinho é feito assim:
  • camada de baixo: uma proteína (carne de sol, carne de fumeiro, ou criando com frango, camarão)
  • camada do meio: purê de aipim (mandioca)
  • camada de cima: queijo coalho
É isso. Hoje a gente encontra em qualquer barraquinha, botequinho, restaurante as mais variadas formas de escondidinho, para nosso deleite. Mas é importante saber o que é escondidinho ou dar um nome criativo a uma variação, pois um nordestino (ou alguem acostmado a comer o escondidinho mesmo) pedir escondidinho e vir qualquer outra coisa, é como um gaúcho ou paulista (q fazem carnes divinas) pedir um churrasco e vir proteína de soja amassada e assada...pode ate fiar gostoso, mas...não vai ser churrasco... Uma vez comi num bar do sudeste um "escondidinho baiano" tava uma delícia, comi tudo, mas quando o garçon, que havia notado que éramos baianos perguntou: "e aí, baiana? Aprovou?" eu sorriente e carinhosa respondi "sim, tava uma delícia! Mas... não era escondidinho..." e aí expliquei a ele o que era escondidinho realmente, e não qualquer creme gostoso em cima de qualquer carne. Mas foi ótimo pq de qualquer forma, tava gostoso, nutritivo e ainda bati um bom papo com o garçon ;-)
 
Mas vamos ao que interessa!
 
Ingredientes
3 pedaços de aipim descacado e cozido (mandioca) (se estiverem meio finos, mais ou menos 15cm cada)
1 colher de sopa de manteiga
3/4 xícara de leite líquido
1 colher de sopa de leite em pó (esse é por minha conta. amoooo o sabor do leite!)
1 dente de alho
 
500g de carne de fumeiro (é a parte carnuda do bacon, sabe? mas pode ser outra proteína)
1 cebola fatiada fininha (pode ser roxinha rs)
1/2 colher de sopa de óleo
1 colher de sopa de manteiga
pimenta do reino a gosto
 
300g de queijo coalho (ou muçarela) (sim, é assim que se escreve rss)
 
 
Amasse ou aipim (ou passe todos os ingredientes do purê no liquidificador), misture todos os ingredientes do purê numa panela e leve ao fogo médio, mexendo sempre até ficar homogêneo, macio, leve e gostoooooooosoooo! reserve.
 
 
 
 
 
 
 
Frite as cebolas no óleo até começarem a ficar macias e ponha a carne. Vá mexendo com uma espátula (que não arranhe a panela, por favor) e junte a manteiga. Vá fritando até que a carne fique dourada (veja bem, dourada não é tostada), a coloque a pimenta do reino a seu gosto enquanto frita.
 
 
 
 
 
 
Monte num refretário de vidro: 1º ponha a carne, 2º o purê por cima, 3º as fatias de queijo.


 
Leve ao forno pré-aquecido, 180 graus, e aguarde até o queijo derreter e corar.
 
Sirva com uma cervejinha, coca-cola, ou caipiroskaaaaa áuuuuuuuuuu
 
 
 
Obrigada pelas visitas!!
 
bjuu
 




 

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Bom pra hoje!


Tudo o que eu precisava hoje era esta indication da amiga Monica Carvalho:


A tradição do espeto corrido é um fenômenorazoavelmente novo. Famoso desde os anos 60 na região sul do país, o sistematambém conhecido como rodízio de carnespermite que sejam saboreados todos os cortes disponíveis na casa, normalmenteservidos no próprio espeto  - daí o nome-, escolhendo a parte e o ponto que mais agradar. A grande explosão desse modelo de servir churrascoaconteceu com o surgimento da Fogo de Chão, que passou a levar a tradição do autênticojeito gaúcho de fazer churrasco para omundo.


Quando foi aberta a primeira Fogo deChão, em 1979, ninguém podia imaginar que a marca chegaria tão longe. Hoje esteimpério do churrasco conta com 26 endereços, oito deles no Brasil e os outros18 nos Estados Unidos. Quem começou este negócio foi a dupla de irmãos Coser,que montou o primeiro restaurante, em Porto Alegre. Nadécada de 80, amarca foi para São Paulo com a preocupação de servir apenas saladas no bufê ebons cortes, proposta da qual nunca se desviaria. Hoje, com operações também emBrasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Salvador, além das unidades fora dopaís, garçons de bombacha levam à mesa cortes de carne espetaculares.


A Fogo de Chão funciona inspirada notripé qualidade, rapidez e bom gosto. Por isso, toda a equipe é arduamentetreinada antes de ter contato com o público. Eles aprendem tudo sobre os tiposde carnes, identificam cada corte, têm conhecimento de vinhos e noções denutrição. Além disso, eles são fluentes em inglês e, claro, entendem tudo dechurrasco.
Inauguradano bairro da Cavalhada, em Porto Alegre, a churrascaria propôs um conceito novo: o de churrascaria dentro da cidade. Ocostume era tê-las na beira da estrada. O raciocínio foi simples: em vez deatender basicamente caminhoneiros, buscou-se os engravatados dos centros financeiros.Hoje é comum ver presidentes de empresas comendo Picanha nos restaurantes, noBrasil ou nos EUA.

domingo, 22 de julho de 2012

Torta simples de chocolate com morango



É ele mesmo. Aquele bolinho safado, pagando de torta que faz bem para os olhos e melhor ainda ao paladar. Ótimo para fazer às pressas e dar uma cara de coisa bem acabada ;-)

Facílimo de fazer, dispensa batedeira e afins... qualquer um pode fazer igualzinha, eu garanto!

Pegue aí:
  • 2 xícaras de farinha de trigo
  • 2 xic de açúcar (de preferência refinado)
  • 1 xíc de cacau em pó (se for aquele chocolate em pó simples não fica tão bom e se for com achocolatado vai ficar o Ó!)
  • 1 colher de café de sal (rasiiiiiinha)
  • 1 xic de óleo
  • 1 xic de leite de coco fervente
  • 1 colher de sopa de fermento (rasa)
  • 1 colher de sbremesa de bunilha (rasa)
  • 1 colher
  • 3 ovos inteiros
Com exceção do fermento, misture todos os ingredientes secos, peneirados. Acrescente o óleo e misture com uma colher de pau. Junte à mistura os ovos e a baunilha, mexa. Agora o leite quente e por último o fermento. Bata bem, mexendo com a colher de pau, até que a mistura fique linda, brilhante homogênea.

Unte uma forma de 30 cm de diâmetro com manteiga e farinha de rosca. Disponha a massa do bolo e leve ao forno pre-aquecido a 180° por 40 a 45 minutos.

Par a cobertura dificílimaaaa rsss faça um ganachezinho show e simples:
  • 1 caixinha de creme de leite
  • 1 barra de chocolate ao leite (170g)
  • 1 barra de chocolate meio amargo (170g)
Numa tigelinha limpa e seca, quebre o chocolate bem picadinho. Leve o creme de leite ao fogo baixo e mex sempre até ferver de leve. Ponha ainda quente sobre o chocolate e mexa bem até o chocolate derreter. Espera alguns minutos enquanto o ganache esfria um pouco e ganha consistência.

Pronto, agora é decorar e fazer a mágica do desaparecimento hehehehe







domingo, 15 de julho de 2012

O que é que a baiana tem?

Pra galera que vive me pedindo dicas do que fazer quando está indo para Salvador, e já conhece o acarajé o abará e quer saber o que mais que essa cidade baiana tem, tenho que confessar: séééério, não vejo a hora de voltar à minha terra linda e comer essa delícia desse camarão empanado com coco pra mergulhar nesse molho de chutney de manga!



É de dar água na boca, né? Meus amigos que estão aí podem me matar de inveja, já que pra comer é só ir até o MUNICIPAL Lounge Bar, que em tão pouco tempo já é considerado um dos lugares mais badalados da cidade!!

Ainda não comi, mas estou doidinha para cometer este pecado, nem sei se é de gula ou de luxúria, devido ao glamourrr dessa delícia! Pense nesse Ceviche! Me vejo comendo ele com minha irmã Naza hehe


Pra quem quiser ir conferindo é só juntar os amigos e testar a culinária do Municipal que se aproxima do estilo finger food – petiscos servidos em porções individuais, que servem duas pessoas tranquilamente.





Vão, vão indo logo, porque quando eu chegar aí, meus amigos, não vai sobrar pra quem quiser rssss

É verdade, já estou assumindo esta minha tarefa de dar uma "personal consultoria turística" da minha terra linda, especialmente aos amigos aqui de Sampa rsss Ah! O Municipal Lounge Bar fica na Pituba, alí na Av. Paulo VI, 1647 e funciona: Terça e Quarta-Feira: das 18 às 00hs; Quinta-Feira: das 18 às 02h; Sexta-Feira e Sábado: das 18 às 03h.

Sugiro uma sexta...pq será? rrrsss




sábado, 14 de julho de 2012

Vamos de pipoquinha doce?



É. Foi. Deu vontade de alimentar mais sonhos e quem sonha melhor que criança? Decidi alimentar minha criança interior então: vamos de pipoquinha doceeeee!! êÊeÊÊÊEêêê rsssss

Anote aí, vá:
 
7 colheres de sopa de açúcar
6 colheres de sopa de milho para pipoca 5 colheres de sopa de óleo  
3 colheres de sopa de água
1 colher de sopa de chocolate em pó

Mistura tudinho na panela em fogo médio. Nem precisa pedir para tampar a panela, não é? rsss E vá mexendo com paciência pois esta receita demora mais um pouquinho para estourar a popcorn!

Regue com (muuuuuuuuuito) leite condensado e deixe sua criança bem feliz!

;-)

quinta-feira, 12 de julho de 2012

Queridos, divirtam-se e vejam  que acham deste meu piloto de programa independente de culinária.

http://www.youtube.com/watch?v=WDa7PS0gsL4&feature=plcp



Nos próximos, receitas e curiosidades ;-)

Obrigada pelas visitas, sempre!

segunda-feira, 9 de julho de 2012

Molinho de Chocolate



Pois, é, então foi assim, após comer sanduiche de churrasco e frango à passarinha no Rei das Batidas, cheguei em casa e encasquetei que queria comer doce. Sair pra comprar? Aonde!! hehehe cansadinha do jeito que estou, corri para os armários e recorri à santa despensa de última hora, e peguei:

  • 1 caixinha de leite condensado
  • 1 xícara de leite líquido
  • 2 ovos inteiros
  • 1 colher de sopa de ferinha de trigo
  • 2 colheres de sopa de cacau em pó (não vale colocar achocolatado com açúcar, tá? ou coloque, mas assuma você o sabor enjoatiocovo que pode resultar)



Pus o leite condensdo com os ovos e o chocolate numa tigela e bati bem com o fouet (ou fuê, tanto faz). O nome é chique, mas não passa de um emaranhado de arames de muuuuuuuuuita utilidade na cozinha. Ah, olha aqui a foto:


Então, vc encontra de todo preço, se der, faça uma forcinha, mas se não tiver um, bata com um garfo bem grande.

Acrescente os demais ingredientes e coloque numa forma de 15 a 20 cm de diâmetro, untada com margarina e açúcar. Sim, açúcar.

Pronto, agora basta assar em banho-maria, em forno médio 180° pré-aquecido, por 1 hora. Antes de tirar, espete uma fquinha ou palito, se sair limpo, show!

Desenforme ainda quente. Se vc tiver feito td certo, sairá lindinho.

Pronto, é tipo um pudim mesmo. Ainda não provei pq está na geladeira, mas tenho certeza de que está bom. E vcs o que acham? Dá pra fazer essa invençãozinha em casa rapidinho ;-)

Beijos e obrigada pela visitaaa!!


segunda-feira, 2 de julho de 2012

ROCAMBOLE CAIPIRA COM PURÊ FRITO


Vamos aprender a fazer aquele rocambole gostosooo???



Rocambole Caipira de Carne

Ingredientes

• 1/2 kg de carne moída
• ½ xíc da farinha de rosca
• 2 envelopes de tempero pronto do nordeste
• 2 dentes de alho amassados
• ½ xícara de salsinha picada
• sal e pimenta do reino a gosto

RECHEIO:

• 200g de queijo muçarela
• 100g coalho em tirinhas
• 1 linguiça calabresa defumada
• 1/2 lata de milho verde escorrida
• ½ xíc de amendoim torrado e salgado sem pele
• Tiras de bacon para decorar

Modo de preparo

Em uma tigela, misture a carne, a farinha de rosca, os demais temperos até ficar homogêneo. Abra um saco plástico limpo, ou papel filme e espalhe a massa de carne de forma bem prensada, com média de 1cm de altura. Sobre a carne, disponha as tiras de queijo, a calabresa, espalhe também o milho a cebola douradinha e o amendoim.

Com a ajuda do saco plástico, vá enrolando cuidadosamente o rocambole, cuidando para que o saco não fique preso dentro do rolo. Ao final, o saco plástico deve ser descartado. Por cima do rocambole, decore com as tirinhas de bacon, fazendo um desenho simples quadriculado. Ponha numa assadeira untada com óleo ou antiaderente e asse em forno médio, pré-aquecido, por mais ou menos 30 minutos, ou ate estar assado.

PURÊ FRITO

• 3 xíc de mandioca (aipim) cozida
• ¾ de xíc de leite líquido
• 3 colheres de sopa de leite em pó
• 1 colher de sopa de manteiga
• Sal a gosto
• Óleo para fritar

MODO DE FAZER

Aqueça o óleo numa panela e enquanto isso misture os demais ingredientes no processador. Quando o óleo estiver quente, frite em grandes colheradas para que possa ficar macio por dentro como uma fina película crocante por fora. Deixe escorrer o óleo num papel toalha pra que fique bem sequinho.

Fica uma delíiiiiciaaa e é super fácil!!
Se achar melhor, acompanhe o vídeo passo-a-passo no programa TV Culinária: http://www.youtube.com/watch?v=cDcblchhx0A&feature=g-all-u

quarta-feira, 30 de maio de 2012

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Camarão com abacaxi e queijo de cabra

Honestamente, uma das minhas melhores invenções. Exótica e maravihosa!



Eu fiquei muito feliz com esse presente de aniversário que me dei, pois pensei em juntas duas coisas que gosto muito, que são camarão, como vcs já estão cansados de saber rss, e o queijo de cabra, que eu amo, mas como pouco pq é meio expensive...

Amigos, por favor, me prometam que vocês vão fazer, porque é muuuuuito, muuuito, muuuuuuuuuuuuuuuuuuito deliciosaaaa. Pra começar:

- 1kg de camarão grande ou médio limpo e lavado com limão
- 100g de queijo de cabra de boa qualidade
- 1 caixinha de creme de leite
- 2 colheres de sopa de óleo de côco
- 1 colher de sobremesa de óleo de côco
- 1 pimenta dedo de moça, picadinha e sem as smentes
- 5 raminhos de salsa picadnhos
- 3 raminhos de coentro picadnhos
- 2 raminhos de cebolinha picadnhos
- 1 colher de sobremesa rasa de kumel (tempero seco q vc acha em qualquer barraquinha de feira que venda temperos. qualquer. parece uma mini erva-doce)
- 1 abacaxi grande e maduro (de preferencia docinho)
- 4 bons dentes de alho amassados
- raspas de 1 limão siciliano
- sal a gosto

Para começar, tempere o camarão com as raspas de limão e o alho. Deixe por meia hora descansando.

O modo de fazer esta receita é meio polvo. tudo tem que ser feito ao mesmo tempo para aproveitar os cozimentos e as liberações de sabores, ok?


Abra o abacaxi "ao comprido" e retire a polpa macia, cortando ela em cubos. Faça isso com cuidado para não furar as metade do abacaxi, pois elas serão seus pratos.


Numa frigideirinha aquecida, antiaderente, ponha os cubinhos do abacaxi e espere que cada lado fique marrom para ir virando. Quando todos estiverem marrons, ponha a colher de sobremesa do óleo de coco e reserve.




Aqueça uma frigideira antiaderente, ponha as colheres de sopa de óleo de coco e refogue o camarão, inclusive já coloque o kumel. Observe que sairá um líquido. Tire cerca de 2 colheres de sopa deste caldo e ponha nos cubinhos de abacaxi ainda quentes (lembra dos tentáculos do polvo, é minha véia, se vire!). Ao refogadinho de camarão, acrescente creme de leite e os
demais temperos mega aromáticos! só deixe de lado a cebolinha, tá?



Corte o queijo de cabra em lascas e ponha nessa panelinha ainda sendo aquecida. Como ele é firme, não derreterá muito. Mas tem que servir em seguida, ok?

pronto, agora disponha este camarão delicioso nas duas metades de abacaxi, salpique com a salsinha e, se quiser, com um bom qiejo parmesão ralado (mas nada daquele do pacotinho, pq vai estragar o sabor, promete? Se só tiver daquele, não coloque nesta receita, ok? guarde para outra) por cima de tudo, ponha os cubinhos de abacaxi tostados e se delicie com esta maravilha exótica! muuuuuuuuuuito bom! confie em mim!

sábado, 4 de fevereiro de 2012

ACARAJÉ




É isso aí, amigos! Sem mitos, sem mistérios, sem esconder pulo do gato. Receitinha facílima, original, honesta e sucesso garantido. A unica coisa que você precisa, além de ingredientes, amor e disposição, é a paciência, aí seu bolinho ficará uma "dilíça" rsss

Anote aí vá:

- 500g de feijão fradinho
- 1 cebola média
- 1/2 xícara de água
- 1 colher de sobremesa (rasa) de sal

só? é, minha nega, só. Ah! e azeite de dendê e uma cebola pequena inteira para fritar os acarajés.

Na Bahia você encontra nas feiras "feijão de acarajé" que nada mais é que o feijão fradinho quebradinho. Mas você pode comprar no seu supermercado de costume o feijão fradinho e dar umas "pulsadas" no liquidificador só pra dar umas quebradinhas básicas, assim a casca sairá mais fácil. Sim, minha filha, o feijão tem que ser descascado rsss
Bem, com o feijão quebradinho em mãos, ponha-o de molho em água por algumas horas e retirando as cascas com uma peneirinha. É possivel que você tenha que esfregar os feijões uns contra os outros nas mãos facilitando a saída das cascas e se achar necessário, trocar a água algumas vezes (lembra do momento paciência? então, é esse mesmo rsss).

Mas vá com fé, não xingue o feijão porque ele não tem culpa... aproveite para agradecer às pessoas que o plantaram, ensacaram e o fizeram chegar ao supermercado onde você pôde comprá-lo. Quando acabar de agradecer a tanta gente, já estará tudo limpo, tudo lindo!




Descascado, é hora de processá-lo junto com a cebola descascada. Se você não tiver processador e tiver que batê-lo no liquidificador, é possível que tenha que usar um pouquinho (um pouquinho, ouviu bem?) mais de água. Não vai desandar, mas seu acarajé ficará mais fofinho que o tradicional. Mas tudo é festa! Ah! Misture o sal, viu?


Ponha numa panela bem alta, pegue uma colher de pau comprida e agroa é hora de sentar na frente da televisão, ou colocar uma música bem alegre, de preferância bem baiana e bater a massa, sempre fazendo movimentos retos, como que traçasse uma linha, na mesma direção. Não mexa em círculos. Bata a massa vigorosamente, mas com sua suavidade, sempre no movimento reto.

Quando você perceber que a massa aumentou um pouco de tamanho, porque entrou mais ar e ela está mais fofa, aí sim, é porque chegou a tão esperada hora!! FRITAR!

Aqueça o azeite de dendê com a cebola descascada inteira dentro (por favor, não frite em outro azeite, nem misture com óleo. Será um crime para com seu paladar; ele pode até te processar por propaganda enganosa. rsss).

Vá moldando os bolinhos com a ajuda da colher de pau e de uma colher de sopa e deitando-os sobre o aziete quente. De um bolinho para o outro, sempre molhe a colher de sopa em água, pra não ficar acumulando massa e grudar tudo.

Pronto, fritou de um lado, fritou do outro, retira, escorre num papel absorvente e Nhaaaaaaaac!! Só alegria na Bahiaaaaa!